Apresentação

O nome do projeto faz referência ao “Dia Nacional da Consciência Negra” – 20 de Novembro – data do nascimento de Zumbi dos Palmares, por isso também conhecido como “Dia de Zumbi”.


 

Na nossa concepção, mais do que comemorar uma data, precisamos difundir e colocar em foco a cultura de matriz afro-brasileira produzida atualmente, que é híbrida, miscigenada e em constante atualização, portanto ávida por interações e oxigenação, por meio da revisitação, análise e intercessão, buscando o enriquecimento da cena em si, assim como do contato do público com esses referenciais.

 

Ao valorizar a data, é possível pensá-la como um marco para discussão ética, estética e política, sobre a importância dessas matrizes para construção da identidade sociocultural brasileira.

 

O projeto foi idealizado por Fabio Maciel (VJ Notívago), Lina Miguel e Sandra Oliveira.
O coletivo etnohaus serve como base para a produção.